Inovação > Banco de Patentes
Espaço para divulgação das Patentes da USP.
 

 Bando de Patentes

 
Editar
  
Título_PatenteFiltrarRESUMOFiltrar
  
  
  
  
  
Classificar por AnexosUse SHIFT+ENTER para abrir o menu (nova janela)
  
 prov018110049693
QUEIMADOR TIPO VÓRTICE, PROCESSO PARA A COMBUSTÃO DE GLICERINA BRUTA, LOIRA E OUTROS COMBUSTÍVEIS, PROCESSO PARA ACONDICIONAMENTO DE GLICERINA BRUTA SÓLIDA, GLICERINA BRUTA LÍQUIDA OU LOIRA, PROCESSO DE BOMBEAMENTO DE GLICERINA BRUTA E SISTEMA DE REAQUECIMENTO INSTANTÂNEO DE GLICERINA BRUTA OU LOIRA
A presente invenção refere-se a um queimador tipo vórtice para a combustão de glicerina bruta e o processo de combustão desenvolvido que poderá ser usado isoladamente ou em combinação com diferentes processos industriais para produzir energia a partir de glicerina bruta, loira, sebo bovino, óleo diesel, biodiesel, entre outros, de forma contínua, semicontínua ou descontínua.
A presente invenção refere-se a um queimador tipo vórtice para a combustão de glicerina bruta e o processo de combustão desenvolvido que poderá ser usado isoladamente ou em combinação com diferentes processos industriais para produzir energia a parti19/12/2011 00:00Maquinas e equipamentos
 prov018110041729
"ISOLAMENTO DE PERICITOS HUMANOS"
A presente invenção refere-se a um processo para o isolamento de pericitos. Este processo pode ser utilizado para a obtenção de pericitos frescos com graus de pureza e qualidade extremamente altos.
Este processo pode ser utilizado para produzir células com fins comerciais. Os pericitos obtidos por meio deste processo podem ser utilizados ainda para diversos fins relacionados com pesquisa científica básica e pré-clínica, além de serem fontes potenciais para aplicação na medicina regenerativa, já que os pericitos frescos dão origem a culturas com características de células-tronco mesenquimais.
A invenção se insere no ramo da Biotecnologia uma vez que se trata de um processo para o isolamento de pericitos que pode ser utilizado para produzir células com fins comerciais.                                                                        27/10/2011 00:00Saúde e cuidados pessoais (Humano e animal)
 prov01810018352
"PROCESSO ELETROQUÍMICO DE SIÍNTESE DE ALCOÓIS UTILIZANDO ELETRODOS DE DIFUSÃO GASOSA"
18/05/2011 00:00Energia
 prov018110010550
FILME NANOESTRUTURADO CONTENDO POLISSACARÍDEO DE ORIGEM ALGAL IMOBILIZADO EM CONJUNTO COM POLIELETRÓLITO
A presente invenção refere-se à produção de um filme ultrafino híbrido, utilizando a técnica de automontagem contendo um polieletrólito catiônico e o polissacarídeo extracelular produzido pela microalga Cryptomonas tetrapirenoidosa. O invento compreende também a utilização desse filme para remoção de metais pesados em soluções aquosas.
Filme ultrafino híbrido.                                                                                                                                                                                                                                  24/03/2011 00:00Materiais
 prov018110010340
"BIOANODO PARA BIOCÉLULAS A COMBUSTÍVEL ETANOL/O2 E PROCESSO PARA PREPARAR O MESMO"
Nesta invenção, foi preparado e caracterizado um novo bioanodo para biocélulas a combustível etanol/O2 utilizando-se o dendrímero PAMAM para imobilização da enzima ADH sobre superfície difusora de tecido de carbono. Os bioanodos foram preparados utilizando-se a técnica de adsorção passiva enzima/dendrímero em um suporte de fibra de carbono (HT1400W, ELAT® GDL – BASF) de 1 cm2  utilizando-se o corante verde de metileno como eletrocatalisador para a espécie NADH. As medidas de densidade de potência foram realizadas em uma célula de dois compartimentos separadas por uma membrana Nafion®. Após a imobilização, o sistema empregado provou ser estável e com densidade de potência gerada comparável aos demais bioanodos existentes no mercado. Os resultados obtidos mostram que o dendrímero PAMAM é um material muito atrativo para imobilização de enzimas e com grande potencial para aplicação em dispositivos comerciais.
Bioanodo para biocélulas                                                                                                                                                                                                                                  23/03/2011 00:00Outros
 prov018110008855
“IMPLANTE COM PLATAFORMA PARA DESCARREGAMENTO DE FORÇAS”
Patente de invenção pertence ao campo dos instrumentos cirúrgicos, dispositivos ou métodos para osteossíntese, por ex., placas ósseas, parafusos, pinos ou semelhantes. É compreendido por um (1) provido de corpo principal (2) em formato cônico ou cilíndrico com rosca (3), sendo que o referido implante (1) compreende, sobre a extremidade superior do corpo principal (2), uma plataforma (4) para descarregamento de forças, provida de orifício longitudinal central (5) para atuar como elemento auxiliar de fixação e posicionamento do mesmo, sendo que dita plataforma (4) possui diâmetro substancialmente maior que o diâmetro do corpo principal (2). A plataforma (4) para descarregamento de forças é acoplada ao implante (1) em forma de corpo único ou em duas partes auto-acopláveis.
Instrumento cirúrgico, dispositivo ou métodos para osteossíntese.                                                                                                                                                                                         14/03/2011 00:00Maquinas e equipamentosSaúde e cuidados pessoais (Humano e animal)
 prov018110008856
BIOIMPLANTE
Patente de invenção pertencente ao campo dos instrumentos cirúrgicos, dispositivos ou métodos para osteossíntese, por ex., placas ósseas, parafusos, pinos ou semelhantes, e compreende dispositivos a serem implantados na cavidade oral, coluna vertebral, face, ou qualquer outra região do corpo humano, os quais apresentam uma distribuição diferenciada das espiras - que são providas de roscas longitudinais com porção cortante em toda a sua extensão e não somente na extremidade - que acaba por reduzir suas dimensões, aumentar indicação de uso, diminuir a quantidade de material ósseo removido durante a instalação e reduzir a indicação e realização de enxertos ósseos.
Dispositivos ou métodos para osteossíntese.                                                                                                                                                                                                               14/03/2011 00:00Maquinas e equipamentosSaúde e cuidados pessoais (Humano e animal)
 prov018110008860
PROCESSO DE SÍNTESE E INCORPORAÇÃO DE NANOPARTÍCULAS DE PRATA EM MATRIZES POLIMÉRICAS HIDROFÍLICAS E USO DE NANOPARTÍCULAS DE PRATA
O presente pedido de patente se refere a um novo processo de síntese de um complexo nanoestruturado de nanopartículas de prata (NpAg) e quitosana (NpAg:QS) e a posterior incorporação do mesmo em matrizes poliméricas hidrofílicas. Os nanocomplexos são obtidos em uma única etapa por meio da redução de seus íons em solução aquosa pela ação em conjunto do ácido cítrico e quitosana (QS). Com esta nova rota de síntese utilizando dois redutores em conjunto, é possível inibir a degradação da QS durante a síntese, reduzir o tempo de síntese, bem como obter NpAg com uma distribuição e tamanhos menores com o uso de redutores brandos ao meio ambiente. Após a síntese é obtido o nanocompósito em pó, NpAg:QS. Este pó pode ser re-dissolvido em uma solução aquosa ácida juntamente com um polímero hidrofílico, como o polivinil álcool (PVA). Como produto final obtêm-se um filme plástico com propriedades bactericidas, devido tanto a ação das NpAg como da QS.
14/03/2011 00:00Materiais
 prov018110008382
SEQUÊNCIA DE ÁCIDO NUCLÉICO RECOMBINANTE QUE CODIFICA PARA OS AMINOÁCIDOS 39 A 512 DA PROTEÍNA P1 DO S. MUTANS, PROTEÍNA RECOMBINANTE E SEUS USOS NA PREVENÇÃO E CONTROLE DA CÁRIE DENTAL
A presente invenção provê uma sequência de ácidos nucléicos (SEQ. de ID. No. 1) e correspondente sequência de aminoácidos da proteína imunogênica P139-512 (SEQ. de ID. No. 2) derivada da proteína P1 de Streptococcus mutans (S. mutans), compreendendo os aminoácidos 39 ao 512 da proteína nativa, expressa em linhagens recombinantes de Bacillus subtilis e formulações farmacêuticas, preferencialmente vacinas, voltadas para o controle da cárie humana. Adicionalmente, o presente pedido de patente destina-se ao uso de formulações farmacêuticas das sequências de ácidos nucléicos e/ou proteínas e/ou anticorpos específicos derivados da P139-512 para o controle profilático ou terapêutico da cárie e outras doenças associadas ao S. mutans.
PREVENÇÃO E CONTROLE DA CÁRIE DENTAL.                                                                                                                                                                                                                     13/03/2011 00:00Saúde e cuidados pessoais (Humano e animal)
 prov018110008634
"DISPOSITIVO COM NÍVEL DE BOLHA PARA POSICIONAMENTO DO MODELO DA ARCADA SUPERIOR NO ARTICULADOR DENTÁRIO E MÉTODO PARA A REALIZAÇÃO DO POSICIONAMENTO DO MODELO DA ARCADA SUPERIOR"
A presente invenção dispõe aplica-se a um dispositivo para posicionar o modelo da arcada superior do paciente, em qualquer articulador dentário ARCON ou NÃO ARCON, sem o arco facial, utilizando–se dos benefícios que o uso de um nível de bolha oferece, quanto ao fornecimento da horizontal verdadeira, obtida a partir da posição natural da cabeça (PNC) do paciente e um método para a realização do posicionamento do modelo da arcada superior.
MODELO DA ARCADA SUPERIOR NO ARTICULADOR DENTÁRIO                                                                                                                                                                                                         11/03/2011 00:00Maquinas e equipamentos
 prov018110007607
SISTEMA DE FIXAÇÃO PARA PLACAS CIMENTÍCIAS COM CAPACIDADE DE ACOMODAÇÃO DA VARIAÇÃO DIMENSIONAL PROVOCADA POR MUDANÇAS HIGROTÉRMICAS, O CONJUNTO DE ACABAMENTO DAS JUNTAS ENTRE ESTAS PLACAS E RESPECTIVO PROCESSO DE MONTAGEM
Patente de invenção pertencente ao campo das paredes ou divisões para edificações, que é compreendida por: um componente deslizante inferior (1) de ligação entre uma placa cimentícia (14) e um perfil metálico (22), compreendendo pelo menos um orifício (5) para fixação ao perfil metálico (22) por meio de elementos de fixação (8, 9) quaisquer (e, opcionalmente, pelo menos um elemento de assemblagem (4);  um componente deslizante superior (2) substancialmente sobreposto e cooperante com o componente deslizante inferior (1), provida de orifício (51) para fixação ao perfil metálico (22) e ao componente deslizante inferior (1) por meio de elementos de fixação (8, 9) quaisquer, e de elemento de assemblagem (41) para acoplamento ao elemento de assemblagem (4) do componente deslizante inferior (1); e um componente de compensação de espessura (3) sobreposta ao componente deslizante inferior (1); além de envolver a utilização de perfis de acabamento para juntas verticais (11) e horizontais (12).
02/03/2011 00:00Maquinas e equipamentos
 prov018110004875
MÉTODO DE OBTENÇÃO DE DERIVADOS PORFIRÍNICOS, COMPOSTOS CLORÍNICOS, COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA E SEUS USOS EM TERAPIA FOTODINÂMICA
MÉTODO DE OBTENÇÃO DE DERIVADOS PORFIRÍNICOS, COMPOSTOS CLORÍNICOS, COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA E SEUS USOS EM TERAPIA FOTODINÂMICA”
CAMPO DA INVENÇÃO
A presente invenção destina-se ao método de obtenção de derivados porfirínicos, compostos clorínicos (fórmulas I e II) impedidos estericamente de formação de estados de agregação e composição farmacêutica contendo os ditos compostos. Adicionalmente, o presente pedido de patente provê o uso dos compostos clorínicos na preparação de composições farmacêuticas indicadas em terapia fotodinâmica (TFD), particularmente, neoplasias, processos inflamatórios, como, artrites reumatóides, psoríase, dentre outras.
A presente invenção destina-se ao método de obtenção de derivados porfirínicos, compostos clorínicos (fórmulas I e II) impedidos estericamente de formação de estados de agregação e composição farmacêutica contendo os ditos compostos. Adicionalmente, 11/02/2011 00:00Saúde e cuidados pessoais (Humano e animal)Materiais
 PI0901824-7
PROCESSO DE OBTENÇÃO E CULTIVO DE CÉLULAS EPITELIAIS DA MUCOSA ORAL HUMANA
A presente invenção descreve um processo de obtenção e cultivo de células epiteliais da mucosa oral humana.
O presente processo traz vantagens na forma de obtenção e também apresenta uma nova forma de cultivo para as referidas células.
A presente invenção se insere no campo da Biologia Celular, uma vez que é capaz de estabelecer uma cultura primária de células epiteliais da mucosa oral humana que pode ser utilizada, entre outros, para estudo de doenças genéticas.                   28/01/2011 00:00Saúde e cuidados pessoais (Humano e animal)Materiais
 prov018110002875
"DISPOSITIVO PARA TESTE DE RESISTÊNCIA AO DESLIZAMENTO DE FIO ORTODÔNTICO EM BRÁQUETES COM DIFERENTES ANGULAÇÕES"
PATENTE DE INVENÇÃO PERTENCENTE AO CAMPO DOS EQUIPAMENTOS PARA A ÁREA ODONTOLÓGICA E ORTODÔNTICA, COMPREENDIDO BASICAMENTE POR UMA GUIA LINEAR (1), UM PORTA-AMOSTRAS (2) COOPERANTE COM A GUIA LINEAR (1) E UM ACESSÓRIO (3) PARA CENTRALIZAÇÃO DO BRÁQUETE (B) DURANTE A COLAGEM NO PORTA-AMOSTRAS (2). UM DOS OBJETIVOS DA PRESENTE INVENÇÃO É FACILITAR A EXECUÇÃO DOS TESTES DE RESISTÊNCIA AO DESLIZAMENTO COM DIFERENTES ANGULAÇÕES DO BRÁQUETE EM RELAÇÃO AO FIO ORTODÔNTICO POR PERMITIR QUE O BRÁQUETE, UMA VEZ COLADO, SEJA ANGULADO CONFORME A NECESSIDADE. OUTRO OBJETIVO É REVELAR UM DISPOSITIVO QUE PERMITA REALIZAR TESTES DE RESISTÊNCIA AO DESLIZAMENTO EM AMBIENTE CONTROLADO, NO QUE SE REFERE A TEMPERATURA DE ENSAIO E IRRIGAÇÃO DOS ELEMENTOS ENVOLVIDOS. AINDA OUTRO OBJETIVO DA PRESENTE INVENÇÃO É PROVER UM DISPOSITIVO QUE PERMITA A REALIZAÇÃO DE AJUSTE FINO DE ANGULAÇÃO TANTO NAS DISTÂNCIAS ENTRE OS BRÁQUETES, QUANTO NAS DISTÂNCIAS ENTRE OS ROLAMENTOS DO EQUIPAMENTO, A FIM DE SE AVALIAR AS REAIS CONDIÇÕES DE OPERAÇÃO, INCLUSIVE COM DIFERENTES TIPOS DE SEÇÕES TRANSVERSAIS.
DISPOSITIVO PARA TESTE DE RESISTÊNCIA AO DESLIZAMENTO DE FIO ORTODÔNTICO EM BRÁQUETES COM DIFERENTES ANGULAÇÕES                                                                                                                                           28/01/2011 00:00Maquinas e equipamentosSaúde e cuidados pessoais (Humano e animal)
 prov018110002868
PROCESSO DE OBTENÇÃO E CULTIVO DE CÉLULAS EPITELIAIS DA MUCOSA ORAL HUMANA
PROCESSO DE OBTENÇÃO E CULTIVO DE CÉLULAS EPITELIAIS DA MUCOSA ORAL HUMANA
A presente invenção descreve um processo de obtenção e cultivo de células epiteliais da mucosa oral humana.
O presente processo traz vantagens na forma de obtenção e também apresenta uma nova forma de cultivo para as referidas células.
A presente invenção se insere no campo da Biologia Celular, uma vez que é capaz de estabelecer uma cultura primária de células epiteliais da mucosa oral humana que pode ser utilizada, entre outros, para estudo de doenças genéticas.                   28/01/2011 00:00Saúde e cuidados pessoais (Humano e animal)
 prov018110002872
POSICIONADOR FOTOGRÁFICO DE MODELO DA FACE PARA CONFECÇÃO DE PRÓTESES FACIAIS
PATENTE DE INVENÇÃO PERTENCENTE AO CAMPO DAS PRÓTESES BUCO MAXILO FACIAIS, COMPREENDIDO POR UMA ESTRUTURA PRINCIPAL (1) FORMADA POR PILARES VERTICAIS (11) E BASE (3) PARA APOIO SOBRE SUPERFÍCIES PLANAS QUAISQUER; UMA MOLDURA QUADRANGULAR (2) SUSTENTADA PELA ESTRUTURA PRINCIPAL (1) E PROVIDA DE ESCALAS GRADUADAS (4); UMA SUPERFÍCIE-GUIA INFERIOR (5) SOLIDÁRIA À MOLDURA QUADRANGULAR (2); PELO MENOS DUAS ABAS (6) SOLIDÁRIAS AS BORDAS LATERAIS DA MOLDURA QUADRANGULAR (2); UMA HASTE VERTICAL (7) QUE DESLIZA AO LONGO DAS BORDAS HORIZONTAIS DA MOLDURA QUADRANGULAR (2) E É PROVIDA, NAS EXTREMIDADES, DE ELEMENTOS FIXADORES (8), E PELO MENOS UMA TIRA HORIZONTAL (9) PARA AUXILIAR NO POSICIONAMENTO DA CABEÇA DO PACIENTE (P). COM O REFERIDO DISPOSITIVO, É POSSÍVEL REALIZAR A SOBREPOSIÇÃO DA FOTOGRAFIA DO PACIENTE (P) NO MODELO FACIAL (M), POSSIBILITANDO A ESCULTURA SER REALIZADA DIRETAMENTE NO MODELO (M) COM FREQÜENTES AVALIAÇÕES ATRAVÉS DE FOTOGRAFIA, PERMITINDO REPRODUZIR NA ESCULTURA TODOS OS DETALHES ANATÔMICOS E SIMETRIA SEM A NECESSIDADE DA PRESENÇA FÍSICA DO PACIENTE.
POSICIONADOR FOTOGRÁFICO PARA CONFECÇÃO DE PRÓTESES FACIAIS                                                                                                                                                                                               28/01/2011 00:00Maquinas e equipamentosSaúde e cuidados pessoais (Humano e animal)
 prov018110002873
"MODELO DE OLHO"
PATENTE DE INVENÇÃO PERTENCENTE AO CAMPO DOS MODELOS PARA FINS CIENTÍFICOS, MÉDICOS OU MATEMÁTICOS – MAIS ESPECIFICAMENTE PARA UTILIZAÇÃO NO CAMPO DA ÓPTICA. É COMPREENDIDO POR UM CORPO (1) SUBSTANCIALMENTE ESFÉRICO E TRANSPARENTE, QUE TEM METADE DE SUA SUPERFÍCIE REVESTIDA POR MATERIAL OPACO (2) CONTENDO UM ORIFÍCIO (3) CORRESPONDENTE À PUPILA DO OLHO, E OUTRA METADE REVESTIDA POR UM MATERIAL TRANSLÚCIDO (4) QUALQUER NO QUAL É PROJETADA A IMAGEM (I) CAPTADA PELO ORIFÍCIO (3), SENDO QUE A IMAGEM (I) PROJETADA NO MATERIAL TRANSLÚCIDO (4) APRESENTA-SE EM POSIÇÃO INVERTIDA COM RELAÇÃO À ORIGINAL (IO), COMO OCORRE NO OLHO REAL. O CORPO (1) PODE TER FORMA OBLATA OU PROLATA PARA SIMULAR DEFEITOS DA CÓRNEA OCULAR, E/OU ALOJAR INTERNAMENTE UMA LENTE (L) PARA SIMULAR O CRISTALINO DO OLHO HUMANO.
MODELO DE OLHO                                                                                                                                                                                                                                            28/01/2011 00:00Maquinas e equipamentos
 prov018110002874
"ANEL OITO ARTICULADO"
A PRESENTE PATENTE DE INVENÇÃO APRESENTA UMA ÓRTESE EM FORMA DE ANEL OITO ARTICULADO QUE POSSIBILITA O ACOPLAMENTO ADEQUADO ÀS FALANGES DOS DEDOS SEM CAUSAR PROBLEMAS NA SUA COLOCAÇÃO E/OU RETIRADA, PODE SER OBTIDA EM TAMANHOS DIFERENTES PARA ATENDER DIVERSOS PADRÕES DE USUÁRIOS DESSE TIPO DE ARTEFATO, PODENDO SER UTILIZADA POR CRIANÇAS, JOVENS, ADULTOS E IDOSOS PORTADORES DE QUAISQUER MOLÉSTIAS DAS MÃOS QUE LEVEM A DEFORMIDADES DOS DEDOS E TEM SEU USO DESTINADO ÀS CLÍNICAS DE REABILITAÇÃO. O ANEL OITO ARTICULADO DA PRESENTE INVENÇÃO COMPREENDE UM ANEL PROXIMAL (02) TENDO ANEL CIRCULAR (06) E EXTREMIDADE ACHATADA (04) CONFIGURADA COM FURO CENTRAL PARA PASSAGEM DE UM PINO (11); UM ANEL DISTAL (03) TENDO ANEL CIRCULAR (07) E EXTREMIDADE ACHATADA (05) CONFIGURADA COM FURO CENTRAL PARA PASSAGEM DE UM PINO (11); EM QUE A CONFIGURAÇÃO DAS EXTREMIDADES ACHATADAS (04, 05) É TAL QUE QUANDO O ANEL PROXIMAL (02) E O ANEL DISTAL (03) DO ANEL OITO ARTICULADO (01) SÃO ARTICULADOS PARA A POSIÇÃO ESTENDIDA UMA TRAVA DE FORMA É PROPORCIONADA.
ÓRTESE QUE ACOPLA ADEQUADAMENTE ÀS FALANGES PODENDO SER UTILIZADA POR PORTADORES DE QUAISQUER MOLÉSTIAS DAS MÃOS QUE LEVEM A DEFORMIDADES DOS DEDOS                                                                                                       28/01/2011 00:00Maquinas e equipamentosSaúde e cuidados pessoais (Humano e animal)
 PI1003192-8
COMPOSIÇÃO NANOESTRUTURADA À BASE DO PEPTÍDEO IMUNOPROTETOR P10 IMOBILIZADO EM BLENDA POLIMÉRICA PARA O TRATAMENTO DE MICOSES
A presente invenção relata uma construção nanobiotecnológica composta por polímeros sintéticos biodegradáveis devidamente selecionados para a liberação sustentada de composto de ação antifúngica, um agente funcionalizante ou vetorizante ou seus derivados, no preparo de uma composição medicamentosa para uso como adjuvante no tratamento de micoses em seres humanos e animais.
A presente invenção trata da utilização de uma construção
nanobiotecnológica contendo o peptídeo imunoprotetor P10 e/ou suas variações
biológicas funcionais, conjugado a co-polímeros devidamente selecionados,
10 principalmente os co-polímeros dos
26/01/2011 00:00Saúde e cuidados pessoais (Humano e animal)
 PI1101309-5
COMPOSIÇÃO NANOENCAPSULADA DE ANTIFÚNGICO IMOBILIZADO EM BLENDA POLIMÉRICA PARA TRATAMENTO DE MICOSES
A presente invenção relata uma construção nanobiotecnológica composta por polímeros sintéticos biodegradáveis devidamente selecionados para a liberação sustentada de composto de ação antifúngica, um agente funcionalizante ou vetorizante ou seus derivados, no preparo de uma composição medicamentosa para uso como adjuvante no tratamento de micoses em seres humanos e animais.
Tal composição medicamentosa pode ser utilizada na formulação de
medicamentos destinados ao tratamento de micoses, especialmente empregada como adjuvante aditivo aos quimioterápicos já disponíveis para o controle e terapia de micoses, tais como Candidíase, Histoplasmose, Coccidioidomicose, Blastomicose, Esporotricose, Criptococose e Aspergilose.
A presente invenção relata uma construção nanobiotecnológica composta por polímeros sintéticos biodegradáveis devidamente selecionados para a liberação sustentada de composto de ação antifúngica, um agente funcionalizante ou vetorizante ou seus deriv26/01/2011 00:00Saúde e cuidados pessoais (Humano e animal)
 prov018110000694
PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE UM PRODUTO LÁCTEO PROBIÓTICO FERMENTADO, PRODUTO LÁCTEO PROBIÓTICO FERMENTADO E SEUS USOS
A PRESENTE INVENÇÃO REFERE-SE AO PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE UM PRODUTO LÁCTEO PROBIÓTICO FERMENTADO, PRODUTO LÁCTEO PROBIÓTICO FERMENTADO CONTENDO MICROORGANISMOS DO GÊNERO BIFIDOBACTERIUM, PREFERENCIALMENTE, BIFIDOBACTERIUM ANIMALIS SUBSP. LACTIS 420 COMBINADOS A CULTURAS DO IOGURTES, ISTO É, STREPTOCOCCUS THERMOPHILUS E/OU LACTOBACILLUS DELBRUECKII SUBSP. BULGARICUS INCORPORADOS A UMA MATRIZ CONSTITUÍDA DE LEITE E/OU SEUS DERIVADOS, FIBRAS ORIGINADAS DE SUBPRODUTOS NATURAIS E GORDURA VEGETAL, COMPREENDIDA DE UMA EMULSÃO DE ÓLEO DE AVEIA E ÓLEO DE PALMA. ADICIONALMENTE, O PRESENTE PEDIDO DE PATENTE DESTINA-SE AOS USOS DO PRODUTO LÁCTEO PROBIÓTICO FERMENTADO COMO ALIMENTO FUNCIONAL INDICADO A DOENÇAS DIGESTIVAS FUNCIONAIS, SÍNDROME METABÓLICA, OBESIDADE, CONTROLE DO GANHO E DA PERDA DE PESO, DIMINUIÇÃO DA MASSA ADIPOSA MESENTÉRICA, ÚLCERA PEPTÍDICA (H. PYLORI), DIABETES, INTOLERÂNCIA À GLICOSE, DEFICIÊNCIAS À INSULINA, CONSTIPAÇÃO INTESTINAL, CONTROLE DE DOENÇAS AUTO-IMUNES, MELHORIA DA IMUNIDADE NATA, DISFUNÇÕES CARDIOVASCULARES, ATEROSCLEROSE, DIMINUIÇÃO DE PROCESSOS INFLAMATÓRIOS, MIOSITE, HEPATITES, PREVENÇÃO DO CÂNCER, ENTRE OUTROS.
PROCESSO DE FABRICAÇÃO DE UM PRODUTO FERMENTADO.                                                                                                                                                                                                          10/01/2011 00:00AlimentosSaúde e cuidados pessoais (Humano e animal)
 prov018110000546
MECANISMO DESLIZANTE PARA POSICIONAMENTO DE CADEIRA INFANTIL EM VEÍCULOS
A PRESENTE INVENÇÃO SE REFERE A UM MECANISMO DESLIZANTE PARA POSICIONAMENTO DE CADEIRA INFANTIL EM VEÍCULOS, COMPREENDENDO DISPOSITIVO DE FIXAÇÃO (4) CONSISTINDO EM UM PERFIL ESTRUTURAL DE FORMATO GERAL EM “U” TENDO AS EXTREMIDADES LONGITUDINAIS TAMPADAS E AMBAS AS EXTREMIDADES DO “U” DOBRADAS PARA DENTRO PERMITINDO UMA FOLGA ENTRE AS MESMAS; GANCHO DESLIZANTE (3) DESLIZANDO NA FOLGA ENTRE AS EXTREMIDADES DO “U” DOBRADAS PARA DENTRO; SUPORTES DE MONTAGEM (5) FIXADOS AS HASTES DE MONTAGEM (6) FORMANDO UM CONJUNTO E ESTE CONJUNTO FIXADO AO DISPOSITIVO DE FIXAÇÃO (4) PARA INSTALAR O DISPOSITIVO DE FIXAÇÃO (4) NOS PONTOS DE FIXAÇÃO DOS ENCOSTOS DE CABEÇA DO BANCO TRASEIRO DO VEÍCULO; E CONJUNTO DE FIXAÇÃO DA CADEIRA INFANTIL (7) CONSISTINDO EM UMA ESTRUTURA TUBULAR (7A) NO FORMATO DE UM “U” COM AS ABAS ALONGADAS TENDO NA PORÇÃO INTERMEDIÁRIA OPOSTA À ABERTURA DO “U” UMA PEÇA (7B) DOBRADA E SOLDADA EM SUA EXTREMIDADE SUPERIOR DE FORMA QUE ENCAIXE NO GANCHO DESLIZANTE (3).
MECANISMO PARA FIXAÇÃO DE CADEIRAS INFANTIS EM VEÍCULOS                                                                                                                                                                                                   07/01/2011 00:00Maquinas e equipamentos
 prov018110000353
MÉTODO DE OBTENÇÃO DE COMPLEXO DE COORDENAÇÃO RUTINA-ZINCO, COMPLEXO RUTINA-ZINCO, COMPOSIÇÕES FARMACÊUTICAS E/OU COSMÉTICOS E SEUS USOS
A PRESENTE INVENÇÃO DESTINA-SE AO MÉTODO DE OBTENÇÃO DE COMPLEXO DE COORDENAÇÃO RUTINA-ZINCO, COMPLEXO RUTINA-ZINCO (R-ZN), PREFERENCIALMENTE, APRESENTANDO ÍONS ZINCO (II) E COMPOSIÇÕES FARMACÊUTICAS E/OU COSMÉTICAS CONTENDO O DITO COMPLEXO. ADICIONALMENTE, O PRESENTE PEDIDO TRATA DO USO DO COMPLEXO RUTINA-ZINCO (R-ZN(II)) NO PREPARO DE FORMULAÇÕES ANTIOXIDANTES, ANTIINFLAMATÓRIOS E/OU ANTITUMORAIS.
MÉTODO DE OBTENÇÃO DO COMPLEXO RUTINA-ZINCO                                                                                                                                                                                                               06/01/2011 00:00Saúde e cuidados pessoais (Humano e animal)
 prov020100119048
MÉTODO PARA AUMENTAR A TAXA DE IMPLANTAÇÃO DE EMBRIÕES NO ÚTERO MATERNO EM MAMÍFEROS, USO DE UMA QUANTIDADE EFICAZ DE UMA LECTINA LIGANTE DE BETAGALACTOSÍDEO OU DERIVADOS DA MESMA, 5 LECTINA LIGANTE DE BETA-GALACTOSÍDEO OU DERIVADOS E PRODUTO
A PRESENTE INVENÇÃO REFERE-SE A UM MÉTODO PARA AUMENTAR A TAXA DE IMPLANTAÇÃO DE EMBRIÕES NO ÚTERO MATERNO EM MAMÍFEROS, POR MEIO DO FORNECIMENTO AO ÚTERO DO MAMÍFERO UMA QUANTIDADE EFICAZ DE UMA LECTINA 10 LIGANTE DE BETA-GALACTOSÍDEO OU DERIVADOS DA MESMA, BEM COMO A UM PRODUTO COMPREENDENDO DITA LECTINA.
MÉTODO PARA AUMENTAR A TAXA DE IMPLANTAÇÃO DE EMBRIÕES NO ÚTERO MATERNO                                                                                                                                                                                   21/12/2010 00:00Saúde e cuidados pessoais (Humano e animal)
 prov018100046600
MÉTODO DE FABRICAÇÃO DE TERMOPLÁSTICOS ANTIMICROBIANOS POR FORMAÇÃO IN SITU DE NANOPARTÍCULAS DE PRATA METÁLICA, MASTERBATCHES E/OU NANOCOMPÓSITOS POLIMÉRICOS ANTIMICROBIAIS E SEUS USOS
A PRESENTE INVENÇÃO DESTINA-SE AO MÉTODO DE FABRICAÇÃO DE TERMOPLÁSTICOS ANTIMICROBIANOS ATRAVÉS DA FORMAÇÃO IN SITU (DENTRO DO EQUIPAMENTO TERMO-MECÂNICO) DE PARTÍCULAS NANOMÉTRICAS DE PRATA METÁLICA DURANTE O PROCESSO DE EXTRUSÃO DE PELO MENOS UM POLÍMERO TERMOPLÁSTICO COMBINADO A PELO MENOS UM PRECURSOR METALO-ORGÂNICO, QUIMICAMENTE PROJETADO, E SEM A NECESSIDADE DE REALIZAÇÃO DE PRÉ-TRATAMENTOS (MISTURA/SOLUBILIZAÇÃO/DISPERSÃO, ENTRE OUTROS), E TERMOPLÁSTICOS ANTIMICROBIANOS, PREFERENCIALMENTE, NANOCOMPÓSITOS E/OU MASTERBATCHES DE NANOPARTÍCULAS DE PRATA. ADICIONALMENTE, O PRESENTE PEDIDO DE PATENTE REFERE-SE AO USO DOS MASTERBATCHES/NANOCOMPÓSITOS POLIMÉRICOS NO PREPARO DE PRODUTOS TERMOPLÁSTICOS COM PROPRIEDADES ANTIMICROBIANAS, ANTIFÚNGICAS E/OU ANTIVIRAIS.
MÉTODO DE FABRICAÇÃO DE TERMOPLÁSTICOS ANTIMICROBIANOS                                                                                                                                                                                                    08/12/2010 00:00MateriaisSaúde e cuidados pessoais (Humano e animal)
 prov018100046602
APERFEIÇOAMENTO INTRODUZIDO EM MODELO ATÔMICO-MOLECULAR
PATENTE DE MODELO DE UTILIDADE PERTENCENTE AO CAMPO DOS MODELOS PARA A QUÍMICA OU PARA ESTRUTURAS MOLECULARES, COMPREENDIDO POR: FIGURA PLANA DE CONFORMAÇÃO SUBSTANCIALMENTE CIRCULAR (1), PROVIDA DE TRÊS PROLONGAMENTOS RADIAIS (2) CUJAS EXTREMIDADES PROXIMAIS SÃO UNIDAS POR LINHAS ANGULADAS (3) QUE DELIMITAM ABAS CONVEXAS (4) DOTADAS DE MARCAÇÕES PARA CORTES RADIAIS QUE CONSTITUIRÃO FENDAS (5) PARA ACOPLAMENTO DE EXTREMIDADES DE CANUDOS (6), SENDO QUE A COLAGEM DAS ABAS CONVEXAS (4) DE DIVERSAS FIGURAS PLANAS (1) PERMITE A CONSTRUÇÃO DE POLIEDROS QUE REPRESENTEM ÁTOMOS (A) QUAISQUER. OS REFERIDOS CANUDOS (6) SE ENCAIXARAM NAS FENDAS (5) E NOS PROLONGAMENTOS RADIAIS (2) PARA CONSTITUÍREM AS LIGAÇÕES QUÍMICAS ENTRE OS ÁTOMOS (A) FORMADOS POR DIVERSAS FIGURAS PLANAS (1) UNIDAS ENTRE SI, AS QUAIS CONTÊM ÁREAS LIVRES (7) NAS QUAIS OS USUÁRIOS PODEM FAZER INSCRIÇÕES E/OU ANOTAÇÕES QUAISQUER ALÉM DE PODEREM RECEBER MARCAÇÕES EM BRAILE PARA FACILITAR O USO POR DEFICIENTES VISUAIS. AS REFERIDAS FIGURAS PLANAS (1) PODEM SER IMPRESSAS EM QUALQUER DIMENSÃO, EM PAPEL OU MATERIAL SIMILAR PASSÍVEL DE SER RECORTADO E COLADO PELO PRÓPRIO USUÁRIO.
MODELO DE UTILIDADE PARA FINS CIENTÍFICOS, MÉDICOS , OU MATEMÁTICOS, ESPECIFICAMENTE PARA A QUÍMICA OU PARA ESTRUTURAS MOLECULARES                                                                                                                        08/12/2010 00:00Outros
 prov018100044931
SUPORTE ARTICULADO PARA SER ACOPLADO A UM CESTO AÉREO
DESCREVE-SE UMA DISPOSIÇÃO CONSTITUTIVA DE UM ELEMENTO DE SUSTENTAÇÃO UTILIZADO EM REDES AÉREAS DE DISTRIBUIÇÃO DE ELETRICIDADE E TAMBÉM DE DISTRIBUIÇÃO DE OUTROS TIPOS DE SINAIS ELÉTRICOS (TELEFONIA, ETC.), CONSTITUINDO UMA CRUZETA C FORMADA POR UMA VIGA DE MADEIRA DE REFLORESTAMENTO M TRATADA COM UMA SUBSTÂNCIA PRESERVATIVA TENDO A FUNÇÃO DE EVITAR FUNGOS, BACTÉRIAS, INSETOS E OUTRAS PRAGAS, ENVOLTA POR UMA CAMADA DE MANTA GEOTEXTIL OU GEOSSINTÉTICA G, E IMPREGNADA E REVESTIDA COM RESINA DE POLIURETANO À BASE DE ÓLEO DE MAMONA; A MANTA GEOTEXTIL/GEOSSINTÉTICA G E A RESINA DE POLIURETANO QUE IMPREGNA E REVESTE A VIGA M CONSTITUEM UMA COBERTURA FORTE E RESISTENTE A INTEMPÉRIES (CHUVA, SOL, FRIO, CALOR) E PRAGAS (FUNGOS, INSETOS COMO CUPINS, FORMIGAS, E OUTROS), PROPORCIONANDO GRANDE ISOLAMENTO ELÉTRICO E RESISTÊNCIA MECÂNICA À CRUZETA C. A PRESENTE INVENÇÃO RESPEITA ASSIM AS LEIS AMBIENTAIS, É DE BAIXO CUSTO, E FAZ REDUZIR AS INTERVENÇÕES DE SUBSTITUIÇÃO DE UMA CRUZETA VELHA POR UMA NOVA, AUMENTANDO MUITO O INTERVALO DE TEMPO ENTRE DUAS MANUTENÇÕES CONSECUTIVAS, EVITANDO INCLUSIVE DESLIGAMENTOS DESNECESSÁRIOS DA REDE ELÉTRICA.
ELEMENTO DE SUSTENTAÇÃO PARA DISTRIBUIÇÃO DE ELETRICIDADE                                                                                                                                                                                                 26/11/2010 00:00Maquinas e equipamentosTecnologias ambientais e sustentáveis
 prov018100044304
PROCESSO DE ALTERAÇÃO DAS PROPRIEDADES SUPERFICIAIS DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO POROSOS E SILICOSOS POR MEIO DE CAMADAS SOBREPOSTAS QUE FORNECEM PROPRIEDADES HIDROFÓBICAS E FOTO-ATIVADAS, PARA A PREVENÇÃO DE MANCHAS CAUSADAS PELA DEPOSIÇÃO DE MICROORGANISMOS E POLUENTES ATMOSFÉRICOS
PATENTE DE INVENÇÃO PERTENCENTE AO CAMPO DOS PROCESSOS PARA TRATAMENTO DE SUPERFÍCIES EM GERAL, ENVOLVENDO BASICAMENTE A APLICAÇÃO DE UMA SOLUÇÃO HIDROFÓBICA (1) E UMA SOLUÇÃO HIDROFÍLICA / FOTOCATALÍTICA (2) DIRETAMENTE SOBRE A SUPERFÍCIE DE UM SUBSTRATO (3), SEGUINDO AS SEGUINTES ETAPAS: FABRICAÇÃO OU LIMPEZA DO SUBSTRATO (3); SECAGEM DO SUBSTRATO (3); PREPARO DA SOLUÇÃO HIDROFÓBICA (1); PREPARO DA SOLUÇÃO HIDROFÍLICA / FOTOCATALÍTICA (2); APLICAÇÃO DAS SOLUÇÕES HIDROFÓBICA (1) E HIDROFÍLICA (2) SOBRE O SUBSTRATO (3); CURA; SENDO A SOLUÇÃO HIDROFÓBICA (1) PRODUZIDA COM UM AGENTE HIDROFUGANTE À BASE DE SILICONE, ONDE OS PRINCIPAIS SÃO OS COMERCIALMENTE DENOMINADOS POR SILANOS, SILOXANOS E SILICONATOS À BASE DE ÁGUA, ENQUANTO A SOLUÇÃO HIDROFÍLICA/FOTOCATALÍTICA (2) É OBTIDA PELA DISPERSÃO DE DIÓXIDO DE TITÂNIO EM ÁGUA POR MEIO DE AGITAÇÃO MECÂNICA, ATÉ QUE O TAMANHO DAS PARTÍCULAS SEJA INFERIOR A 500µM, DEVENDO PREFERENCIALMENTE PERMANECER ENTRE 75NM E 10NM.
PROCESSO DE TRATAMENTO DE SUPERFÍCIES DE SILICOSOS E POROSOS                                                                                                                                                                                              24/11/2010 00:00Materiais
 prov018100043240
FILTRO DE MICRO-ONDAS PASSA-FAIXA COM RESSOADOR BIDIMENSIONAL CIRCULAR RECONFIGURÁVEL
PATENTE DE INVENÇÃO PERTENCENTE AO CAMPO DOS FILTROS PASSA-FAIXA EM FREQUÊNCIAS DE MICRO-ONDAS, COMPREENDIDA POR UM FILTRO CONSTITUÍDO POR CAMADA DIELÉTRICA (1) E RESSOADOR TIPO PATCH (2) PROVIDO DE FENDAS RADIAIS (3) NO INTERIOR DAS QUAIS SÃO INSTALADOS CIRCUITOS ELETRÔNICOS (4) CONSTITUÍDOS POR DOIS VARACTORES (5) – OU UM VARACTOR (5) E UMA CAPACITÂNICA FIXA (NÃO MOSTRADA) - E UM RESISTOR (6) QUE PODE SER SUBSTITUÍDO POR UM INDUTOR (NÃO MOSTRADO), SENDO QUE OS CIRCUITOS (4) PODEM SER INSTALADOS EM LOCAIS ESPECÍFICOS DO INTERIOR DAS FENDAS (3), DE ACORDO COM A RESPOSTA DESEJADA PARA O FILTRO. A FORMA PREFERENCIAL DE CONSTRUÇÃO PREVÊ QUE OS REFERIDOS CIRCUITOS ELETRÔNICOS (4) SEJAM POSICIONADOS EM LOCAL ESPECÍFICO PARA PERMITIR QUE UMA MESMA TENSÃO SEJA CAPAZ DE CONTROLAR/ALTERAR SIMULTANEAMENTE TODOS OS CIRCUITOS (4) E, ASSIM, ALTERAR A RESPOSTA DO FILTRO  DA MANEIRA DESEJADA; NO ENTANTO PARA SE TER UM CONTROLE MAIS REFINADO DA RESPOSTA DO FILTRO, PODEM-SE UTILIZAR TENSÕES INDEPENDENTES PARA CADA CIRCUITO (4). O INVENTO POSSIBILITA A VARIAÇÃO DA FREQUÊNCIA CENTRAL DO FILTRO E DE SUA BANDA DE PASSAGEM, QUE PODE SER FEITA DE VÁRIAS MANEIRAS, POR EXEMPLO ELETRONICAMENTE E/OU REMOTAMENTE, INOVANDO AO APRESENTAR A MONTAGEM DE CAPACITÂNCIAS VARIÁVEIS EM FILTROS PATCH.
INVENÇÃO PERTENCE AO CAMPO DOS FILTROS PASSA-FAIXAS                                                                                                                                                                                                       17/11/2010 00:00Tecnologia da informação e comunicaçãoMaquinas e equipamentos
 prov018100040337
APARATO MODULAR PARA ACOPLAR DISPOSITIVOS AMPLIFICADORES ÓTICOS DE SEMICONDUTOR PARA FORMAR CHAVE ÓTICA RÁPIDA, MÉTODO DE COMUTAR PACOTES ÓTICOS, REDE ÓTICA AUTO-ORGANIZADA, MÉTODO DE SEGREGAÇÃO DE ENLACES EM SUBDOMÍNIOS, MÉTODO DE VERIFICAÇÃO DE INTEGRIDADE DE ENLACES DE REDE ÓTICA AUTO-ORGANIZADA E MÉTODO DE PROTEÇÃO
O APARATO AQUI DESCRITO É UM APARATO MODULAR DE COMUTAÇÃO ÓPTICA COM DIVERSOS MÓDULOS QUE PODEM SER UTILIZADOS OU NÃO DEPENDENDO DO EXPERIMENTO QUE SE DESEJA DESENVOLVER OU DO TIPO DE ARQUITETURA DE CHAVE ÓTICA QUE SE DESEJA TESTAR. OS MÓDULOS SÃO: MÓDULO FONTE QUE FORNECE ENERGIA PARA OS DEMAIS MÓDULOS; MÓDULO SOA QUE CONTEM OS DISPOSITIVOS SOA QUE PODEM SER ACESSADOS INDIVIDUALMENTE POR UM PAR DE CONECTORES ÓTICOS E UM CONECTOR ELÉTRICO DE CONTROLE; MÓDULO DE ACOPLADORES CONTENDO QUATRO CONECTORES ÓPTICOS DE ACESSO PARA CADA ACOPLADOR; MÓDULO TRANSCEPTOR COM FOTO DETECTORES E DISPOSITIVOS LASER PARA CONVERSÃO TRATAMENTO DO SINAL DE AMOSTRAGEM; MÓDULO LÓGICO COM A FUNÇÃO DE RECEBER OS SINAIS DE AMOSTRAGEM, JÁ CONVERTIDOS PARA O MEIO ELÉTRICO, EXECUTAR AS OPERAÇÕES LÓGICAS PARA DECISÃO IMEDIATA DO NOVO ESTADO DA CHAVE E OPERAÇÃO DOS DISPOSITIVOS SOA; MÓDULO CONTROLE DE CORRENTE DOS DISPOSITIVOS SOA PARA CONTROLE DA FASE DA LUZ NOS EXPERIMENTOS INTERFEROMÉTRICOS; MÓDULO CONVERSOR DE MÍDIA PARA ADAPTAÇÃO DE TECNOLOGIA JÁ EXISTENTE, COMO POR EXEMPLO A TECNOLOGIA GIGABIT ETHERNET, AOS TESTES REALIZADOS PELO APARATO MODULAR DE CHAVEAMENTO ÓTICO. PELA UTILIZAÇÃO DE DIFERENTES CONJUNTOS DE MÓDULOS É POSSÍVEL MONTAR EXPERIMENTOS PARA TESTAR DIFERENTES ARQUITETURAS DE CHAVES ÓTICAS RÁPIDAS. OS MÓDULOS DE ACOPLADORES PERMITE UTILIZAR AS FIBRAS ÓTICAS NÃO UTILIZADAS EM UM DIO PARA FUNCIONAREM COMO LINHAS DE RETARDO, SEM QUE SEJA NECESSÁRIO UTILIZAR UM ESPAÇO FÍSICO DENTRO DO COMUTADOR ÓTICO PARA ACOMODAR UM CARRETEL COM TAL FIBRA DE RETARDO.
REFERE-SE EM GERAL À TECNOLOGIA DE COMUTAÇÃO DE PACOTES ÓTICOS                                                                                                                                                                                            27/10/2010 00:00Maquinas e equipamentos
1 - 30 Próximo

O Modo de Exibição Padrão da lista Está sendo exibido porque a configuração do site não oferece suporte à Folha de Dados.